quinta-feira, 5 de abril de 2012

A Vida.

A vida é uma coisa engraçada, passa 100% do tempo trollando a gente e a gente nem percebe.

Você passa incontáveis anos com a certeza de que precisa desesperadamente mudar pra Europa, viver uma coisa nova, ver gente nova, conhecer novos lugares. Você faz planos, você sonha com isso, você conta os dias pra fazer isso, porque é a coisa certa a fazer e assim você vai ser feliz. Aí você consegue tudo aquilo que você sempre sonhou e planejou, e a partir desse momento você só consegue pensar em como você quer voltar a ter a vida que você tinha antes (e que nunca aproveitava porque passava todo o seu tempo planejando a vida que você tem agora), você sonha e planeja voltar pro seu país, pra sua cidade, pros seus antigos amigos e zaz. E quando você se dá conta, você percebe que nunca consegue viver no presente, porque sempre tem alguma coisa a mais que você quer e que está no futuro, ou no passado, e você não consegue se desligar, e a vida vai passando e você não vê, você não aproveita.

É como quando se é criança e tudo o que você mais quer é ser adulto, então você faz de tudo pra ser como as pessoas grandes e as vezes acaba até esquecendo de ser criança pra isso. E quando você cresce, você passa o resto da vida lembrando de como eram bons os tempos que já se foram, e querendo voltar a ser criança.

Ou quando você está na escola e não vê a hora de ir pra faculdade, e na faculdade você sente saudades da escola; é como quando você passa anos sonhando com o dia em que vai ser formar, e depois disso passa anos revivendo na memória como foram bons os tempos de faculdade.

Reflexões e reclamações a parte, eu só sei que me dei conta de que eu estou sentada na frente de um computador enquanto minha vida está passando, e eu estou aproveitando tão pouco dela que não é o suficiente nem pra guardar lembranças. Sabe aqueles momentos que ficam na memória, que te fazem rir até perder o ar só de lembrar? Pois é, eu também não. E não existe nada nem ninguém ao me redor que eu possa culpar por isso, além de mim mesma.

E o que fazer? Como proceder? Que atitude tomar?

O fato é que EU NÃO SEI APROVEITAR A VIDA, e se aos 23 anos eu já me arrependo e já sinto que perdi muito tempo precioso que não vai voltar mais, imagina como será daqui 10 anos, 20 anos, 50 anos? Vou viver o resto da minha vida de um passado vazio e com poucas lembranças, porque durante a minha juventude eu não soube aproveitar as oportunidades que a troll master vida me deu.

E what the fuck vocês têm a ver com isso? Nada, eu só queria desabafar.

Aceito sugestões de como ser uma pessoa normal. Obrigada.


5 comentários:

Nanda disse...

Nath, vc disse bem uma verdade, planejamos tanto para estar aqui e agora que estamos, pelo menos eu, fico pensando em como vai ser qdo eu voltar, e eu não sei se vai ser tudo que eu planejo e me decepciono antes de acontecer, pra que sofrer antecipadamente né?! meros mortais :/

Lika FRÔ disse...

Minha eterna Flor de Sampa, pare um minutinho que seja pra ver tudo que você já vez desde quando se mudou para Europa. Você, de fato, aproveitou... de um jeito ou de outro, com reclamações e desilusões, você aproveitou SIM. Não pense que a vida está passando sem você vivê-la, pois até nessas reflexões existencialistas dá-se o devido proveito. Vai ser uma velhinha linda e se lembrará: "quando eu estava na Europa só reclamava, mas eu tive experiências, conheci lugares novos e fui muito feliz, mesmo tendo crises existenciais." Saudades, amiga :*

Ana Célia disse...

Oi Nath. Sou ex au pair da Holanda, e estou de volta a Brasil. De vez enquando eu leio seu blog, e mooooorro de saudades daí. O engraçado é que tenho esse mesmo sentimento que vc, de que nao estou aproveitando a vida. Antes de eu ir pra Holanda fiz mil planos, e nao via a hora da partida chegar. Depois de uns meses, quase no fim do programa, nao via a hora de voltar pro Brasil, e agora cá estou, chorando as pitangas por nao poder andar de bike aqui, como aí, reclamando desse povo sem educaçao, do transito caótico de sao paulo, e por aí vai....
mas a vida é assim, a gte sempre tem algo a reclamar.
Mas aproveita muito sua estadia aí na Holanda, pois vc vai sentir mta falta qdo voltar!

Thalita Moraes disse...

Oi Nath, passando aqui pela primeira vez, gostei. Acho que é bem assim como Ana Célia comentou, e acrescento ainda... faz a diferença, tenta mudar essa situação, expulsar esse tédio. A felicidade está dentro de você!

Natalia Bhering disse...

Nath! adoro seu blog, leio sempre, mas axo q se vc for um pouco mais otimista vai conseguir aproveitar melhor, os momentos inesqueciveis não são apenas aqueles em que algo incrivel acontece, são aqueles simples que a gente tem q dar valor e lembrar com alegria. O que voce disse sobre a gente esta sempre no presente lembrando do passado e planejando o futuro foi perfeito. Espero que tudo melhore...